CURSO DE GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA (BACHARELADO) RECONHECIDO PELA PORTARIA Nº 69 DE 29 DE JANEIRO DE 2015, PUBLICADO NO D.O.U. DE 30 DE JANEIRO DE 2015.

A Faculdade Diocesana de Mossoró – FDM, através do Curso de Teologia, assume particular significado institucional, se compreendido com permanente articulação com a sociedade. Sendo assim, se utiliza dos seus recursos humanos e materiais de forma a beneficiar o maior número de pessoas propiciado aos docentes, funcionários e alunos, condições de trabalho e reflexão crítica interinstitucional e sobre a realidade das microrregiões da diocese.

Nesta perspectiva, propiciam-se condições que possibilitem a compreensão dos problemas e das aspirações, levantados pelos futuros bacharéis e, por consequência, contribuam na solução dos problemas por eles formulados.

A execução desta tarefa, de desenvolvimento humano, que já é viável na Faculdade – através de sua sistemática de ensino e práticas de extensão nas comunidades durante os fins de semanas letivos por parte de alunos e professores – redesenha um modelo pedagógico com integralização curricular em função dos novos paradigmas de ensino e conhecimento, que permitem estudos satisfatórios dos fenômenos sociais contemporâneos e imaginação de alternativas de novos conflitos.

Para implementar este modelo, nada mais justo que se imbua de novas condições que atuem afirmativamente em favor deste desenvolvimento humano através de esferas subjetivas e objetivas do empenho e desempenho profissional do professor, do funcionário e do aluno, para se atender à demanda dos trabalhos universitários e, enfim, da boa qualidade de ensino.

O Curso de Teologia da FDM, foi pensado e desenvolvido no sentido da renovação. E esta renovação exige mudança de pensar e de agir, de ir em busca de um compromisso com o futuro, a fim de que haja uma permanente interação entre professor e aluno, com bases nos espaços de liberdade, criatividade e de ensaios comunitários e acadêmicos.

Neste sentido, é notável a necessidade de se destacarem três aspectos importantes: a mobilização de modernas e eficazes metodologias de ensino, considerando sempre o sujeito que aprende e a definição clara do objeto a ser apreendido; os recursos humanos, professores e funcionários, atentos aos objetivos, às características do Curso e ao perfil do teólogo que se quer formar; um processo de avaliação contínuo dos resultados alcançados pelos alunos e professores, através das atividades acadêmicas e comunitárias, enfim, de uma forma geral, realizado por uma comissão permanente.

Assim sendo, o Curso de Teologia da FDM, pode afirmar-se como espaço de reflexão humanista dos cristãos e de outros habitantes das microrregiões com vistas a uma maior igualdade entre os seres humanos, reforçando os princípios básicos de cidadania, consciência social e de uma sociedade mais solidária, mais fraterna e justa.