Formar-se-á um profissional com capacidade de apreender criticamente o amplo espectro social, político, econômico e científico que envolve as questões de atuação da Psicologia. Este profissional, valendo-se de uma pluralidade de recursos e instrumentos, buscará, sempre, a transformação social, através de conhecimentos e tecnologia apropriados à realidade em que atua.

Assegura-se uma formação de um profissional focado em:
• Respeitar a ética nas relações com clientes e usuários, com colegas, outros profissionais, com o público e na produção e divulgação de pesquisas;
• Produzir pesquisa garantindo a elaboração de novos conhecimentos, pela integração teoria e prática;
• Contribuir para a transformação da realidade social dentro dos parâmetros do seu campo de atuação;
• Definir a pertinência quanto ao uso em psicologia, da construção e avaliação do instrumento de coleta de dados (entrevistas, inventários, questionários, testes e escalas);
• Analisar necessidades, diagnosticar, elaborar projetos, planejar e intervir de forma consistente em referenciais teóricos;
• Desenvolver uma postura crítica em relação aos fenômenos sociais, econômicos, culturais, políticos do país, fundamentais ao exercício da cidadania e da profissão;
• Atuar inter e multiprofissionalmente, em diferentes contextos, considerando as necessidades sociais e os direitos humanos, tendo em vista a qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidade.
• Um profissional com capacidade para ver a interdependência existente entre o fenômeno psicológico e o contexto sociocultural, que possa atuar em uma perspectiva multidisciplinar.